“chefe de cambistas” da Copa de 2014 vai preso

A polícia do Rio prendeu nesta segunda-feira (7/7), no hotel Copacabana Palace, o britânico Ray Whelan, diretor executivo da Match, única empresa autorizada pela Fifa para venda de pacotes de ingressos e camarotes da Copa.

Segundo a polícia, Whelan seria o chefe do esquema milionário de venda ilegal de ingressos da Copa, pelo qual já foram presas 11 pessoas na última terça (1º). O delegado responsável pela investigação, Fabio Barucke, da 18ª DP (Praça da Bandeira), disse que chegou ao nome do diretor da Match com a colaboração do advogado José Massih, um dos 11 presos sob suspeita de integrarem a quadrilha. Entre os 11 presos está o franco-argelino Lamine Fofana, que inicialmente foi apontado como chefe da quadrilha.

Entre as funções de Whelan estava a de vistoriar e credenciar os hotéis oficiais da Copa e a venda de pacotes VIps. O diretor passou os últimos anos correndo o Brasil, visitando as possíveis acomodações que seriam usadas nas cidades-sedes e também nas cidades que receberam centros de treinamento das seleções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display