Argentina 1 x 0 Irã. Messi abriu o mar vermelho

De um lado, a Argentina. De outro, um mar vermelho de iranianos entrincheirados em torno da área, prontos para afogar qualquer tentativa inimiga. O jogo parecia terminar sem gols, até que Messi deu uma de Moisés e abriu o mar vermelho. Fez um gol aos 46 minutos e decidiu o jogo a favor dos portenhos.

Chama-se nesse caso o Irã de mar vermelho não por questões geográficas – o mar vermelho fica entre o Egito e a península arábica, nada tem a ver com o Irã. Porém, os iranianos estavam todos de vermelho. E havia um mar de gente de vermelho na área iraniana, de onde a associação era inevitável. A equipe defendeu com extrema eficiência diante de um adversário com notórios talentos do meio para a frente como Messi, Di Maria, Agüero, Higuaín…

Na partida deste sábado (21/6), pelo grupo F, a Argentina fechou o primeiro tempo com 75% de posse de bola – chegou a ter 81% em determinado momento – e finalizou 11 vezes, sendo cinco na direção do gol. O Irã se fechou com competência na etapa inicial. Foi pouco ao ataque: finalizou apenas três vezes.

Os iranianos, contudo, começaram a incomodar na etapa final. Primeiro, o time reclamou de pênalti de Zabaleta em Dejagah – pênalti “claríssimo” apenas depois que passou o terceiro replay diferente do lance. Depois, Ghoochannejhad cabeceou e o goleiro Romero se entortou todo para defender. Mais tarde, Dejagah ganhou de Zabaleta pelo alto e cabeceou encobrindo Romero, que conseguiu dar um passo para trás e, se não tivesse 1,92m e uma envergadura proporcional, não teria defendido. Nos minutos finais, Ghoochannejhad recebeu em profundidade e finalizou. Romero fez mais uma boa defesa.

Os incômodos iranianos eram raros; no segundo tempo, a Argentina continuava com mais posse de bola e tinha mais finalizações – 19 ao todo, das quais nove foram no alvo. Mas todas foram afogadas no mar vermelho. Menos a última. Aos 46 minutos, Messi recebeu a bola perto da área, ajeitou e bateu de curva, no canto direito do goleiro Haghighi. Messi, assim, abria o mar vermelho.

 

Argentina (4-4-2)
1.Romero 7
4.Zabaleta 5,5
17.Fernández 6
2.Garay 6
16.Rojo 6,5
14.Mascherano 6,5
5.Gago 6
7.Di María 6,5
><6.Biglia, 47-2 s/n
10.Messi 7
20.Agüero 5,5
><22.Lavezzi, 32-2 6
9.Higuaín 5
><18.Palacio, 32-2 6
Irã (4-5-1)
12.Haghighi 6,5
15.Montazeri 6
4.Hosseini 6
5.Sadeghi 6
23.Pooladi 6,5
6.Nekounam 6
14.Timotian 7
7.Shojaei 5,5
><2.Heydari, 32-2 5,5
3.Haji Safi 6
><8.Reza Haghighi, 43-2 s/n
21.Dejagah 6,5
><9.Jahanbakhsh, 40-2 s/n
16.Ghoochanneijhad 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display