Só mola solta no colchão impede o México de vir à Copa

O México fez força para não vir à Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Na fase final do classificatório da Concacaf (Américas Central e do Norte), o eterno favorito do continente ficou em quarto lugar – e isso porque o Panamá vacilou, ao perder para os Estados Unidos (3 a 2) levando dois gols nos descontos da partida. O quarto lugar rendeu, ao menos, uma vaga na repescagem intercontinental, contra a Nova Zelândia.

De um lado, o México, que venceu apenas 2 jogos na fase final da Concacaf. Que marcou apenas sete gols em 10 partidas. Que havia trocado de técnico pela terceira vez no ano – Miguel Herrera assumiu. Que contava apenas com jogadores que atuavam no futebol mexicano. Do outro, a Nova Zelândia, aquela mesma equipe que não perdeu para ninguém na Copa do Mundo de 2010. Aí… o México enfiou 5 a 1, num estádio Azteca lotado – e lá cabem mais de 100 mil pessoas. Peralta (2), Aguilar, Jimenez e o rodado Rafa Márquez marcaram os gols. A Nova Zelândia marcou um gol, com James, depois de já ter levado todos os cinco.

Com a vitória, o México ficou muito perto da vaga na Copa do Mundo de 2014. Só a perderá se for derrotado pelos neozelandeses por 4 a 0 ou cinco gols de saldo. O próximo duelo será no dia 20, em Wellington. A vantagem mexicana é muito confortável.  Basta não deitar em cima dela. E se houver alguma mola solta no conforto do colchão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display