Brasil ressuscita o 13 de Zagallo: 13º no ranking da Fifa

Apenas uma pessoa, o ex-jogador e ex-técnico Zagallo, deve ter gostado da posição da seleção brasileira na última atualização do ranking da Fifa, divulgada nesta quarta-feira (8/8). Zagallo é tarado pelo número 13. E o Brasil aparece em 13º no ranking, com 991 pontos. A posição, duas abaixo da lista anterior, é a pior na história, além de ser a primeira vez que o time fica abaixo dos 1.000 pontos. Pesam contra a seleção a falta de calendário nos últimos meses — a equipe não joga desde junho — e a ascensão de equipes que disputaram a última Eurocopa, como Rússia, Croácia, Dinamarca e Grécia, que passaram à frente do Brasil. Para não perder o hábito que cultiva desde 2010, a Espanha lidera o Ranking, com 1.605 pontos. A Alemanha, segunda colocada, tem 131 pontos a menos. A Inglaterra aparece em terceiro, com 1.294.

Paradoxalmente, ao mesmo tempo em que amarga a pior queda já vista no ranking, a seleção brasileira está perto de conseguir o único título que falta em sua galeria: a medalha de ouro olímpica. Neste sábado (11/8), o time de Mano Menezes disputa a final dos Jogos de Londres contra o México. Então isso pode dar uma elevada no ranking? Não, pois a seleção sub-23 não conta pontos no ranking da Fifa.

A próxima partida do Brasil que vale pontos no ranking será no dia 15 de agosto. A equipe enfrenta a Suécia em partida que marcará a despedida do Estádio Raasunda — onde a seleção conquistou seu primeiro título mundial, em 1958. Zagallo, o homem do 13, estava lá, na ponta-esquerda. Agora, vai como espectador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display