Inglaterra 0 x 0 Argélia – goleiros fritos

O técnico da Inglaterra, Fábio Capello, tentou proteger o goleiro Green, que havia falhado feio, após o jogo contra os Estados Unidos. E o treinador argelino, Rabah Saadane, fez o mesmo com o goleiro Chaouchi, que também falhou, diante da Eslovênia. Mas, no confronto entre as duas equipes, nesta sexta-feira, os dois treinadores resolveram fritar os respectivos goleiros e escalaram outros jogadores para a posição. Coincidência ou não, o jogo terminou sem gols. E sem graça.

Pelo menos no lado inglês, correu nos bastidores a informação de que os jogadores ficaram descontentes com a decisão do treinador sobre Green. Mito ou verdade, ninguém confirma. Mas o fato é que os ingleses tiveram uma atuação daquelas de derrubar treinador. Era a mesma fomação usada contra os Estados Unidos, com o upgrade de Barry em vez de Milner no meio-de-campo. Mas o time parecia incapaz de acertar uma jogada. A Argélia foi mais consistente no primeiro tempo. Mas, com apenas um jogador na frente, Matmour, ficou difícil.

No segundo tempo, não houve melhora. Num time com Gerrard, Lampard e Rooney, quem se destacava era o atacante Heskey. Não pela qualidade técnica, mas pelo espírito de luta. A função dele, de tomar pancada dos zagueiros adversários para deixar Rooney brilhar, foi feita. Assim, causou estranheza quando Capello trocou Heskey por Defoe. Mas foi a partir daí, quando faltavam pouco mais de 15 minutos, que os ingleses resolveram jogar. Mas aí era tarde. O gol não saiu.

Com esse empate, todos têm chance de classificação no grupo C. Os ingleses precisam vencer (empate não serve) a Eslovênia. E a Argélia tem que derrotar os Estados Unidos, na última rodada. Os norte-americanos também precisam de um triunfo — uma igualdade só serve em caso de tropeço dos ingleses. O único que pode se dar ao luxo de simplesmente empatar é a Eslovênia.

INGLATERRA 0
James; Johnson, Carragher, Terry e Cole; Barry (Crouch), Gerrard, Lennon (Wright-Phillips), Lampard; Rooney e Heskey (Defoe). Técnico: Fabio Capello.

ARGÉLIA 0
M’Bohli; Bougherra, Halliche, Yahia e Belhadj; Yebda (Mesbah), Lacen, Boudebouz (Abdoun), Ziani (Guedioura) e Kadir; Matmour. Técnico: Rabah Saadane.

Local: estádio Green Point, na Cidade do Cabo
Juiz: Ravshan Irmatov (Uzbequistão)
Cartões amarelos: Carragher (I); Lacen (A).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display