Japão 1 x 0 Camarões – leões ou gatinho manhosos?

Como a Copa é na África do Sul, espera-se que as seleções africanas honrem o continente e joguem mais do que realmente jogam. Mas, até agora, apenas Gana venceu em solo africano. A África do Sul empatou, e Argélia e Nigéria perderam. No caso de Camarões, a mais tradicional equipe africana em Copas do Mundo, a expectativa diante do Japão, na partida desta segunda-feira (14/6), era maior ainda. No fim, os leões indomáveis viraram gatinhos manhosos. E a disciplina tática japonesa garantiu uma vitória por 1 a 0.

Foi um jogo do qual Camarões não pode se orgulhar. O grande craque do time, Eto’o, deu apenas um chute a gol em toda a partida. Ineficiente no ataque, mesmo teoricamente com três joagdores de frente, os africanos foram domados pela marcação japonesa, que tinha um volante fixo à frente da linha de quatro defensores, quatro meias que armavam e defendiam e apenas um atacante de ofício (Honda). O Japão atacou pouco, mas conseguiu um gol, aos 39 minutos do primeiro tempo. Matsui ergueu a bola na área e Honda dominou e tocou para dentro.

O jogo, bastante sonolento por 80 minutos, só melhorou nos 1o minutos finais. Cada time mandou uma bola na trave do adversário e o goleiro japonês defendeu uma cabeçada perigosa. Mas terminou aí.

Japão 1
Kawashima; Komano, Nakazawa, Túlio Tanaka e Nagatomo; Abe, Matsui (Okazaki), Endo, Hasebe (Inamoto) e Okubo (Yano); Honda. Técnico: Takeshi Okada

Camarões 0
Soleymanou; Mbia, Nkoulou, Bassong e Assou Ekotto; Makoun (Geremi), Matip (Emana) e Eyong; Webo, Eto’o e Choupo-Moting (Idrissou). Técnico: Paul Le Guen

Gols: Honda (39-1º)
Estádio: Free State (Bloemfontein)
Juiz: Olegário Benquerenca (Portugal)
Assistentes: Bertino Miranda e José Manuel Silva Cardinal (POR)
Cartões amarelos: Abe (J) e Nkoulou (C)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display