Brasil desbanca Espanha e volta a ser líder do ranking da Fifa

O Brasil voltou a ser o líder do ranking da Fifa, divulgado nesta quarta-feira (28/4) pela entidade máxima do futebol mundial. Após cinco meses na segunda posição, a seleção do técnico Dunga Brasil ultrapassou a Espanha. Com isso, assume a ponta pela sétima vez desde que o ranking foi criado, em 1993. Ao todo, foram 142 meses na liderança. A edição de abril do ranking só levou em conta cinco partidas, já que não houve datas Fifa para a realização de confrontos entre seleções.

A conta para se chegar à pontuação do ranking da Fifa envolve uma fórmula matemática. Mas, em rápidas pinceladas, funciona assim: a lista considera apenas os resultados obtidos nos últimos quatro anos. Os adversários enfrentados têm peso entre si — vencer a Alemanha vale mais que vencer o Qatar. Os placares de 2009 valem mais que os de 2008, que valem mais que osde 2007, que valem mais que os de 2006. E a importância do torneio, obviamente, pesa também. Foi aí que houve a mudança nas duas primeiras posições. A Espanha perdeu alguns pontos no recálculo de resultados antigos, que ficam com peso menor com o passar do tempo — e, se são anteriores a abril de 2006, acabam desconsiderados. O Brasil, em contrapartida, ganhou pontos pelo mesmo motivo.

Para o brasileiro, o ranking só parece correto agora. Muitos dizem que não entendem como a lista funciona. Ninguém concebe como o Brasil, pentacampeão mundial, poderia figurar atrás da Espanha, que nunca ganhou uma Copa.

Abaixo está a lista dos 20 primeiros do ranking e as posições dos países que estarão na Copa de 2010. É interessante observar que 24 das 32 seleções do Mundial estão entre os 32 melhores da lista. Vale ressaltar que a distribuição de vagas para o Mundial obedece critérios geográficos.

1º) Brasil – 1611
2º) Espanha – 1565
3º) Portugal – 1249
4º) Holanda – 1221
5º) Itália – 1184
6º) Alemanha – 1107
7º) Argentina – 1084 
8º) Inglaterra – 1068
9º) Croácia – 1052*
10º) França – 1044
11º) Rússia – 1003*
12º) Grécia – 968
13º) Egito – 967*
14º) Estados Unidos – 950
15º) Chile – 948
16º) Sérvia – 944
17º) México – 936
18º) Uruguai – 902
19º) Camarões – 887
20º) Nigéria – 883
20º) Austrália – 883
23º) Eslovênia – 860
26º) Suíça – 854
27º) Costa do Marfim – 846
30º) Paraguai – 822
31º) Argélia – 821
32º) Gana – 802 
35º) Dinamarca – 767
38º) Eslováquia – 742
40º) Honduras – 727
45º) Japão – 674
47º) Coreia do Sul – 619
78º) Nova Zelândia – 413
90º) África do Sul – 369
106º) Coreia do Norte – 292
* seleções que não estarão na Copa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display